Óleo de Prímula: Aliado da Saúde Feminina

0

O óleo de prímula é um verdadeiro aliado da saúde feminina. Além de auxiliar no emagrecimento saudável, é também um regulador hormonal natural, aliviando desde sintomas da TPM e acne adulta, à pressão arterial e menopausa. Seus benefícios são muitos e, por isso, resolvi compartilhar com vocês tudo o que descobri sobre esse suplemento.

O óleo é extraído da flor Prímula Noturna “evening primose” (nome científico Oenothera biennis), nativa da América do Norte, e é fácil de ser encontrado e superacessível. É vendido em forma de cápsulas gelatinosas em casas de produtos naturais e farmácias de manipulação, custa cerca de R$25 um pote com 50 cápsulas. O recomendado são 2 pílulas (500mg) por dia.

Nutrientes e seus benefícios

Os principais compostos do óleo de prímula são os ácidos graxos gama-linolênico (GLA) e o linoleico (LA). O LA é quem sintetiza o GLA.  E o GLA é necessário para a síntese da prostaglandina E1, que tem propriedades semelhantes à dos hormônios. Além deles, o óleo tem também ácido palmítico, ácido oleico e ácido esteárico.

Seus benefícios são muitos, dentre os mais importantes está o reequilíbrio hormonal, que se dá a partir do GLA e age principalmente no ciclo menstrual. Melhorando não só a TPM, como a pele, o fluxo sanguíneo, equilibrando o metabolismo e diminuindo a retenção de líquidos. Tratando inclusive da infertilidade.

Outro ponto positivo do óleo de prímula é o auxílio na perda de peso, pois, controla a glicose, garante a saciedade e, a partir do LA, contém a liberação de insulina em excesso, hormônio que estimula o armazenamento de gordura.

Mas será que tem contraindicações e efeitos colaterais?

Apesar de ser considerado seguro, o tratamento com a prímula pode não ser legal para todo mundo, ocasionando dores de cabeça, dores abdominais e náuseas, já na primeira semana. Nestes casos é necessário parar o tratamento.

Como interfere na regulação hormonal, é contraindicado durante a gravidez. Pessoas que sofrem de epilepsia, distúrbios hemorrágicos e esquizofrenia também devem evitar.

Benefícios

Fonte: Blog da Mimis

você pode gostar também
Comentários
Carregando...