Grumixama

Nome Popular: grumixameira, grumixama.
Origem: Brasil – Mata pluvial Atlântica
Nome Científico: E. brasiliensis, Lam., família das Mirtáceas.
Nomes Comuns: ibaporoiti, cereja do Brasil.Origem: Nativo do Brasil ocorre principalmente na Mata Atlântica.

Características:

Sabor que lembra de cereja, acidulada, doce, saborosa, com polpa viscosa e pegajosa. Utilizado como geléia, doces (em massa, compota), licor e vinho, e suco. Na medicina popular o chá das folhas é indicado contra febre. A árvore tem porte pequeno, tendo uso ornamental. A madeira é utilizada para marcenaria e carpintaria.

Árvore de até 20 m de altura, nativa das matas primárias desde a Bahia até Santa Catarina, em matas aluviais e entradas suaves. Tronco curto e copa de forma piramidal. Folhas duras, de coloração verde-escura. Flores brancas, pequenas, surgindo de setembro a novembro.

Fruto:

Arredondados, achatados nas extremidades, com casca lisa, de coloração amarela ou roxo-escura, quase preta, manchada de vermelho na maturação. Polpa suculenta envolvendo 2 sementes esbranquiçadas, frutifica de novembro a janeiro.

Cultivo:

Propaga-se por sementes e adapta-se bem em qualquer tipo de clima e solo, resistindo bem a geadas. Possui crescimento rápido. Também chamada grumixaba, grumixameira, cumbixaba, ibaporoiti. Nome Popular: grumixameira, grumixam. É estimulante do apetite, reanimadora.

Tabela Nutricional da Grumixama

Quantidade             100gramas
Valor calórico          40 kcal
Proteína                     0,3 g
Carboidratos             6 g
Gorduras Totais       0,1 g
Vitamina C                20 mg
Vitamina A                 30 g