Biribá

Nome científico: Rollinia mucosa Baill.
Família botânica: Annonaceae

Conhecido como Fruta do Conde a árvore pequena com até 8 m de altura, ramos pilosos quando jovens. Folhas até 15 cm de comprimento. Flores verdes externamente e róseas internamente.
Fruto de casca rígida e polpa macia, de textura fina e sem granulações. Sabor doce e suave, muito agradável. A cultivar “Hummungus” apresenta peso de até 1,5 kg, sabor excelente e poucas sementes, a que a torna ideal para o consumo.

Usos: Frutos refrigerados, cortados em metades e consumidos com o auxílio de uma colher são deliciosos. Um excepcional sorbet de biribá é preparado pelo Chef Alex Atala (restaurante DOM, em São Paulo).

Cultivo: Solos férteis, bem drenados e com bom teor de húmus. Cultivar diretamente exposto à radiação solar. Exigente em termos de adubação, como outras annonáceas.

Origem: Região Amazônica

Família: Annonaceae.
O biribá, por ser uma fruta de sabor doce e agradável, geralmente é consumido ao natural. Mas também é comercializado em forma de sorvete e refresco. É bastante sensível e requer cuidados especiais de pós-colheita para não estragar. É rica em vitamina C e potássio.

Tabela Nutricional do Biribá

Quantidade             100gramas
Valor calórico             67 kcal
Carboidratos              19,4 g
Proteína                     1,7g
Gordura total            1,3g
Fibra                           1,6g
Sódio                          0mg
Cálcio                         20,0mg
Fósforo                       32,0mg
Ferro                           0,7mg
Niacina                       0,6mg
Tiamina                      0,05mg
Riboflavina                 0,13mg
Vitamina C                 18mg