Bacuripari

Nome científico: Rheedia Brasiliensis
Bacuripari também conhecida por bacupari, bacopari, sacopari, vacapari, vacopari, etc, é uma árvore da família das Gutiferáceas .

O nome Bacuripari vem do tupi guarani e significa “fruta que cai” e o adjetivo PARI – o que cerca, pelo fato de os índios o cultivarem para cercar suas roças. Também recebe o nome de Bacuri de Bico, Bari-pari e Bacupari-açú. Fruto globoso de 3,0-4,0 cm, pesando 20 g, de casca lisa, fina e amarelo-alaranjada. A polpa é muito suculenta, branca e levemente ácida, muito refrescante. Chupa-se do mesmo modo que uma jabuticaba, isto é, vertendo-se fora a casca e o caroço. A planta é uma arvoreta de 1,5-2,0 m, que inicia a produção com menos de 1,0 m de altura.

Usos: O fruto é consumido ao natural, ou sob a forma de sucos e sorvetes. A planta possui ótimo valor ornamental, principalmente quando em frutificação (fica carregada de frutos redondos e amarelos contrastando com a folhagem verde-escura).

Cultivo: Apresenta boa adaptabilidade tanto a solos mais secos quanto àqueles que retenham mais umidade (os quais parecem preferir). Beneficia-se de uma adubação equilibrada. Na fase juvenil, deve ser protegida de luz solar direta, mas na fase adulta deve ser plantado a pleno sol, para que seus frutos fiquem mais doces.

Origem: Amazônia e Mata Atlântica.
A polpa é consumida in natura, em refrescos e sorvetes. É rica em açucares reduzidos, sólidos totais, Pectina e pH.

Tabela Nutricional do Bacuripari

Quantidade                  100 gramas
Calorias                      105Kcal
Proteínas                    1,00g
Lipipídios                   2,00g
Carboidratos              22,80g
Fibras                         7,40g
Cálcio                         105,00mg
Fósforo                       36,00mg
Ferro                           2,20mg
Retinol                       30,00mcg
Vitamina B1                 0,04mg
Vitamina B2                0,04mg
Vitamina C                 33,00mg
Niacina                       0,50mg