10 Benefícios do Chá de Amora – Para Que Serve, Contraindicações e Como Fazer

0

Você provavelmente deve conhecer a parte da fruta da amora, um alimento pequeno que possui 43 calorias em cada porção de 100 g e é composto por nutrientes como potássio, carboidratos, fibras, proteínas, vitamina A, vitamina B6, cálcio, ferro e magnésio.

No entanto, você sabia que as folhas da amora também podem ser utilizadas? Isso mesmo, elas, que possuem 22 vezes mais cálcio do que o leite, aparecem em receitas de chá de amora.

10 Benefícios do chá de amora: Para que serve?

1. Ação antioxidante

Uma pesquisa publicada na edição de fevereiro no ano 2000 do Journal of Agricultural and Food Chemistry (Jornal de Química Agrícola e Alimentar, tradução livre) identificou que as folhas e as frutas sem espinhos da amora são dotadas de propriedades antioxidantes.

Com isso, é possível concluir que o chá preparado a partir das folhas de amora combate a atuação dos radicais livres causadores de doenças como o câncer e que promovem o envelhecimento no organismo humano. Justamente a ação trazida por substâncias com propriedades antioxidantes.

2. Saúde da mulher

O chá de amora pode ser considerado um aliado da saúde da mulher devido ao fato de aliviar as dores das cólicas menstruais e o desconforto que aparece em decorrência da Tensão Pré-Menstrual (TPM).

3. Auxílio ao tratamento de problemas de saúde

A bebida feita a partir das folhas de amora pode ser utilizada como auxiliar no tratamento de condições como dores de cabeça frequentes, alterações na libido, depressão e doenças nos rins.

4. Qualidade de sono

Quem sofre com dificuldades para dormir também pode obter benefícios com a ingestão do chá de amora. Isso porque a bebida também é conhecida por combater problemas relacionados à insônia, tendo em vista que possui propriedades calmantes.

5. Alívio à diarreia

O chá de amora é aprovado pela agência regulatória de ervas da Alemanha como uma bebida que alivia a diarreia aguda sem causa específica. Os taninos encontrados na bebida é que são responsáveis por tal efeito.

6. Contribuição com o tratamento de problemas nas membranas mucosas

As folhas de amora também foram aprovadas na Alemanha para o tratamento de inflamações moderadas nas membranas mucosas da boca e da garganta. Isso indica que elas podem aliviar feridas na boca e dores de garganta. Neste sentido, o chá de amora pode ser utilizado para fazer gargarejos.

7. Saúde dos ossos

Rica em cálcio e fonte de magnésio, dois minerais importantes para os ossos, a bebida feita a partir das folhas de amora também contribui para que os ossos mantenham uma condição saudável. Assim, podemos concluir que ela combate doenças que afetam os ossos como a osteoporose.

8. Saúde da pele

Por conta da presença de antioxidantes, vitamina C e vitamina E em sua composição, o chá de amora ajuda a manter a pele saudável, reduz as rugas e fortalece as estruturas de colágeno do tecido conjuntivo. O colágeno é importante para tornar a pele mais firme, além de combater a sua flacidez.

9. Colabora com o tratamento de hemorroidas

O chá de amora também contribui com a diminuição de hemorroidas.

10. Chá de amora emagrece

Caso seja consumido no lugar de bebidas calóricas como refrigerantes, sucos industrializados, cafés cremosos, achocolatados cheios de açúcar e milkshakes, o chá de amora pode colaborar com o emagrecimento ao promover uma diminuição no consumo calórico.

Isso porque para perder peso é necessário ingerir uma quantidade de calorias menor do que a taxa calórica que é queimada.

Uma mostra que a bebida realmente pode auxiliar a conquistar a boa forma é o caso de Luciana Donassan. A moça perdeu 57 kg ao incluir o chá de amora em sua dieta. Segundo ela, ao fazer isso seu corpo passou a reter menos líquido (o que diminui o inchaço) e o intestino começou a funcionar melhor.

A nutricionista Francine Schimidt recomendou a ingestão de quatro xícaras do chá por dia, nos intervalos das refeições e indicou seguir uma receita que não ferva a erva.

Obviamente, não é somente o consumo do chá que emagrece. A própria Luciana contou que além de integrar a bebida em sua dieta, passou a comer de maneira mais saudável, incluindo frutas, legumes, verduras, sucos e alimentos integrais e light ao dia a dia.

Assim, é importante lembrar que quem deseja perder peso deve adotar uma dieta saudável, equilibrada, controlada e nutritiva, aliada à prática de exercícios físicos regularmente, como maneira de maximizar a queima de calorias.

Como fazer chá de amora: Receitas

1. Chá de amora

Ingredientes:

1 l de água;
3 a 5 folhas de amoreira secas ou 1 colher de sopa de folhas de amoreira trituradas.

Modo de preparo:

Ferver o litro de água em uma panela no fogão;
Desligar o fogo e adicionar as folhas de amoreira;
Tampar a panela e deixar descansar durante 10 minutos. Servir-se e consumir todo o chá dentro de um período de 24 horas para não desperdiçar suas propriedades.

2. Chá de amora miura

Ingredientes:

12 g de folhas de amora miura;
1,5 l de água fria.

Modo de preparo:

Colocar a água dentro de uma panela e adicionar as folhas de amora miura na água ainda fria;
Levar ao fogo e deixar ferver durante 10 minutos. Coar e servir-se.

3. Chá de amora branca

Ingredientes:

1 l de água;
1 colher de sopa de folhas secas de amora branca.

Modo de preparo:

Colocar o litro de água em uma panela e levar ao fogo para ferver;
Então, acrescentar as folhas secas de amora branca e desligar o fogo. Deixar descansar durante alguns minutos e tomar o chá quando ele estiver morno.
Cuidados com o chá de amora
Ao ser consumido em grandes quantidades, o chá de amora pode causar perturbação estomacal, náusea e vômito, trazer efeitos tóxicos ao fígado e interferir com a absorção de cálcio e ferro por parte do organismo.

Uma dica para amenizar esse último problema, além de beber o chá com moderação, é adicionar limão à bebida. A justificativa para isso é que a fruta é rica em vitamina C, que contribui com o aumento da absorção de ferro.

Outra forma de evitar o problema é não consumir o chá ao mesmo tempo em que fizer uma refeição, de modo que ele não venha a atrapalhar a absorção dos nutrientes provenientes dos alimentos ingeridos.

Caso esteja fazendo uso de qualquer tipo de medicamentos, consulte o médico responsável pelo tratamento para saber se não existe risco de interação entre o remédio e o chá de amora.

Além disso, não confie exclusivamente no chá para tratar uma doença ou condição de saúde. Por mais que ele possa ajudar, ainda é fundamental que você consulte seu médico e obedeça as orientações dadas por ele em relação ao tratamento completo.

Contraindicações:

A bebida não pode ser ingerida por pessoas que sofrem com problemas no fígado e mulheres grávidas, visto que as folhas de amora são utilizadas como um tônico uterino, que causa contrações no útero.

Em grandes quantidades, tônicos uterinos podem levar as gestantes ao aborto ou ao parto prematuro.

Para quem sofre de qualquer condição de saúde, é mais seguro verificar com o médico se o consumo do chá de amora é seguro ou não para o caso em particular.

Fonte: Mundo Boa Forma

você pode gostar também
Comentários
Carregando...